Wednesday, October 27, 2010

Javali mata caçador em Pedregulho/SP

Javali mata caçador em Pedregulho

Fonte: http://www.diariodafranca.com.br/conteudo/noticia.php?noticia=1000&categoria=8

Animal teria atacado vítima de 26 anos para se defender; uma única mordida causou a morte

Da Redação/DF

André Fernando Pereira, de 26 anos, da rua Padre César Gardini, bairro Bela Vista, em Pedregulho, morreu na tarde de ontem após ser mordido na perna esquerda por um javali. De acordo com a família, a vítima saiu para caçar em uma mata próxima à cidade, por volta das 13h, quando foi atacado. Ele estava com três amigos, que chegaram a socorrê-lo e levá-lo para a Santa Casa local.

Segundo a Polícia Civil, a mordida atingiu uma artéria e o rapaz não resistiu ao sangramento, vindo a morrer por hemorragia. O corpo foi levado para o IML (Instituto Médico Legal) de Franca, onde foi feita uma perícia. E.R., 46 anos, padrasto da vítima, disse que ele tinha o hábito de sair para caçar, mas nunca na região em que o incidente ocorreu. A dona-de-casa A.G.M., 52, passou mal ao receber a notícia da morte do filho e recebeu atendimento médico.

O javali, segundo policiais ambientais, não ataca seres humanos a menos que se sinta ameaçado. Esta hipótese é a mais provável para os fatos registrados na tarde de ontem, em um local da zona rural de Pedregulho, conhecido como "Matinha".

André Pereira, que deveria iniciar hoje em seu novo emprego em uma vidraçaria da cidade onde morava, resolveu, junto com parentes do padrasto, caçar javalis na região. Era algo que ele fazia, segundo amigos, pelo menos uma vez por mês.

Durante a caçada, a caça foi acuada e acabou se virando contra seu oponente, o caçador. Uma única mordida, na panturrilha da perna esquerda da vítima, provocou uma hemorragia intensa. André foi socorrido pelo colegas, mas deu entrada na Santa Casa já sem vida.

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia de Pedregulho. O médico que atendeu André, já sem vida na Santa Casa, constatou uma única mordedura causada por animal - ele classificou como sendo de porco, mas segundo os colegas foi de um javali.

Animal teria atacado vítima de 26 anos para se defender; uma única mordida causou a morte

Da Redação/DF

André Fernando Pereira, de 26 anos, da rua Padre César Gardini, bairro Bela Vista, em Pedregulho, morreu na tarde de ontem após ser mordido na perna esquerda por um javali. De acordo com a família, a vítima saiu para caçar em uma mata próxima à cidade, por volta das 13h, quando foi atacado. Ele estava com três amigos, que chegaram a socorrê-lo e levá-lo para a Santa Casa local.

Segundo a Polícia Civil, a mordida atingiu uma artéria e o rapaz não resistiu ao sangramento, vindo a morrer por hemorragia. O corpo foi levado para o IML (Instituto Médico Legal) de Franca, onde foi feita uma perícia. E.R., 46 anos, padrasto da vítima, disse que ele tinha o hábito de sair para caçar, mas nunca na região em que o incidente ocorreu. A dona-de-casa A.G.M., 52, passou mal ao receber a notícia da morte do filho e recebeu atendimento médico.

O javali, segundo policiais ambientais, não ataca seres humanos a menos que se sinta ameaçado. Esta hipótese é a mais provável para os fatos registrados na tarde de ontem, em um local da zona rural de Pedregulho, conhecido como "Matinha".

André Pereira, que deveria iniciar hoje em seu novo emprego em uma vidraçaria da cidade onde morava, resolveu, junto com parentes do padrasto, caçar javalis na região. Era algo que ele fazia, segundo amigos, pelo menos uma vez por mês.

Durante a caçada, a caça foi acuada e acabou se virando contra seu oponente, o caçador. Uma única mordida, na panturrilha da perna esquerda da vítima, provocou uma hemorragia intensa. André foi socorrido pelo colegas, mas deu entrada na Santa Casa já sem vida.

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia de Pedregulho. O médico que atendeu André, já sem vida na Santa Casa, constatou uma única mordedura causada por animal - ele classificou como sendo de porco, mas segundo os colegas foi de um javali.

No comments: